Olga

Com a ressurreição do cinema nacional, chega aos cinemas Olga, superprodução nacional com cara de filme Hollywoodiano.

Pode-se dizer que 'Olga' é a evolução do cinema nacional para um nível mais avançado de tecnologia, além de ter uma história real e marcante, ele é bem estruturado e bem produzido.

O filme conta a história real de Olga Benário, uma das mulheres mais batalhadoras de seu tempo. Olga é uma militante comunista desde jovem, que é perseguida pela polícia e foge para Moscou, onde faz treinamento militar. Lá ela é encarregada de acompanhar Luís Carlos Prestes ao Brasil para liderar a Intentona Comunista de 1935, se apaixonando por ele na viagem. Com o fracasso da revolução, Olga é presa com Prestes. Grávida de 7 meses, é deportada pelo governo Vargas para a Alemanha nazista e tem sua filha Anita Leocádia na prisão. Afastada da filha, Olga é então enviada para o campo de concentração de Ravensbrück.

Mesmo tento um roteiro pesado (talvez por ser realista demais), Olga consegue ser um filme tenso e, ao mesmo tempo, triste.

Além de uma ótima produção e um roteiro incrível, outro destaque do filme vai para a atriz Camila Morgado. Ela se agarra a personagem de uma tal maneira que passa ao público uma realidade ainda maior. Camila consegue, com os minutos de projeção, encontrar uma interpretação magestosa.

'Olga' é, com certeza, um dos melhores filmes nacionais de todos os tempos... Não Perca!

Nota: 
Crítica por: Renato Marafon
Site Oficial : ---