Os 10 Melhores Musicais de todos os tempos

10. Os Produtores

Adaptação recente, feita em 2005, revive outro clássico musical da Broadway.

A originalidade da história já faz do filme ótimo e diversão garantida. A idéia é criar a pior peça já escrita. Refazem, então, o musical "Primavera para Hitler” com o nazista um tanto diferente do original. Risadas no filme inteiro. Vale a pena assistir.


 

9. Grease

Quando John Travolta ainda era um galã, em 1978, ele interpretou o melhor papel de sua vida: o bad boy charmoso e cantante Danny, que morre de paixão pela recatada Sandy, mas não assume para não perder a pose para os amigos machões. Músicas clássicas românticas e agitadas que agradam até hoje.

 

8. Dançando no Escuro

O musical mais contemporâneo feito até hoje, é do ano de 2000. A cantora Björk estréia nos cinemas como Selma, uma mãe solteira que ficou cega e, por conta disso, todos se aproveitam dela, pois é muito bondosa e ingênua. Apesar de ser muito triste, para quem não assistiu vale a pena. Mas é bom saber que não tem final feliz...

 

7. Moulin Rouge

Este musical sexy e colorido foi lançado em 2001 e indicado a seis Oscars. Ganhou dois deles: Melhor Figurino e Direção de Arte. Nicole Kidman e Ewan McGregor protagonizam o casal sonhador e inquieto. Músicas ótimas o que inclui até uma do mestre Elton John: Your Song.

 

6. DreamGirls

Um dos mais recentes musicais, este de 2006, teve uma grande divulgação por conta da cantora Beyoncé no elenco, mas, quem realmente roubou a cena (e ganhou um Oscar), foi a excelente e novata Jennifer Hudson. A história é inspirada no grupo The Supremes, que Diana Ross fazia parte. And I Am Telling You é, sem dúvidas, a melhor música cantada no filme.

 

5. O Fantasma da Ópera

A nova versão do musical mais tradicional da Broadway foi feita para as telonas em 2004. Até para quem assiste pela primeira vez é possível reconhecer algumas das músicas, pois são muito populares e repetidamente cantadas no mundo inteiro. Algumas das melhores músicas já feitas estão no filme, como por exemplo, All I Ask Of You.

 

 

4. A Bela e a Fera

Lançado em 1991, é o musical mais fofo da Disney. Marcou infâncias e é usado como referência até os dias de hoje. A história é sobre a jovem Bela que, para proteger seu pai, acaba prisioneira do temido Fera em seu castelo. Com o tempo, aprende que a aparência dele não é nada comparada ao que ele realmente é. Rende, inclusive, algumas lágrimas, para os mais sensíveis.

 

3. Noviça Rebelde

Outro musical antigo, este de 1965, com uma trilha sonora incrível e história emocionante. Julie Andrews de volta ao papel principal num musical que se passa na década de 30, na Áustria, quando a noviça (Andrews) vai trabalhar como governanta na casa do capitão Von Trapp (Christopher Plummer), que tem sete filhos e é viúvo. A chegada dela muda tudo, inclusive a maneira que os filhos do capitão são educados.

 

 

2. Mágico de Oz

Considerado um dos filmes mais marcantes dos últimos tempos, este musical de 1939 entrou para a história por conta das músicas universalmente conhecidas (na voz da Judy Garland) como Somewhere Over The Rainbow, a principal e mais bonita do filme. Todos os personagens (espantalho, homem de lata, cachorro, bruxa) são cativantes e te fazem embarcar na aventura que é o filme.

 

1. Mary Poppins

É um clássico da Disney, lançado em 1964, que conta a história da babá “especial” Mary Poppins (Julie Andrews) que é contratada para cuidar dos filhos pestinhas do casal Michael e Jane. A história é encantadora, divertida e as músicas excelentes. É raro um musical ter todas as músicas legais, mas neste filme isto acontece. A parte mais divertida é quando Mary chega pela primeira vez na casa e começa a tirar tudo da bolsa em frente às crianças, inclusive um guarda chuva gigante.

 

 

Por: Janis Lyn Almeida Alencar

Confira todos os CineTOP!